Em plena crise, vereadores aprovam parecer para aumento de seus salários para quase R$ 13 mil e R$ 20 mil para prefeito em Jequié

Na contramão, não há ninguém santo

Em plena crise declarada, a maioria dos vereadores aprovaram os super salários para os membros eleitos do Legislativo e Executivo em Jequié, uma verdadeira porrada na cara do eleitor e demais munícipes, até mesmo alguns eleitores ficaram indignados com a atitude de alguns vereadores de oposição que passaram os quatro anos declarando guerra ao governo Tântia Britto alegando gastos excessivos entraram no ôba ôba. O certo é que em quatro anos, um vereador custará quase 600 mil reais só de salários aos cofres públicos

Em primeira discussão, os vereadores aprovaram por 11 votos favoráveis e 1 contra, o parecer da Mesa Diretora da Câmara Municipal de Jequié, composta pelos vereadores Eliezer Pereira (Fiim), Soldado Gilvan e Emanuel Campos (Tinho de Waldeck).

Com essa atitude ¨LEGAL¨, veja como ficará os subsídios de cada um; Os salários de prefeito de 18 mil para 20 mil, o de vice-prefeito de 12 para 15 mil, vereadores de 10.000,21 para 12.000,60, mesmo valor estabelecido para secretários municipais.



Comentários no Facebook:

Comentários

Categoria: Política-Jequié