Capitão da PM é afastado do cargo após o episódio da prisão do cavalo




 

¨PULIÇA, OTORIDADE¨

O Capitão Vagno Passos, responsável pela 3ª Companhia do 3º Batalhão de Polícia Militar, que abrange os municípios de Ribeirópolis, Nossa Senhora Aparecida, Malhador, São Miguel do Aleixo e Moita Bonita foi afastado do cargo no final da manhã de hoje, 14. A informação foi divulgada pelo Portal JL Política.

O afastamento aconteceu após o episódio de apreensão de um cavalo feita pela Polícia Militar durante uma festa em Aparecida; Na ocasião, os PMs apreenderam um cavalo que estava dando coices em um veículo e o deixaram retido na delegacia do município. De acordo com o Capitão Vagno, “a retenção foi o meio encontrado pelos PMs para que os responsáveis tratassem com a vítima sobre a reparação do prejuízo”, e não uma prisão ao animal.

Além disso, o capitão disse também que o animal não foi maltratado. A notícia da apreensão ganhou visibilidade nacional e até mesmo mundial, viralizando, inclusive, através de memes na internet.

Segundo o Comando da Polícia Militar, o afastamento de Vagno se dá para preservar a apuração do ocorrido e a própria imagem dele, e tudo foi feito dentro da legalidade. À frente da 3ª Companhia, o capitão sempre mostrou zelo e competência pelo seu trabalho, atuando de maneira exemplar na prática de polícia ostensiva.



Print Friendly, PDF & Email

Comentários no Facebook:

Comentários

Categoria: Brasil